Brasileiro faz luta equilibrada com campeão do mundo, mas acaba eliminado da Rio 2016

Com a luta empatada em zero a zero, Rafael Buzacarini é eliminado no critério de desempate. Punição ao brasileiro gera polêmica

Não deu para Rafael Buzacarini. O judoca não resistiu a força do japonês Ryunosuke Haga, atual campeão do mundo, número cinco do ranking mundial e foi derrotado no critério de desempate. Como nenhum dos lutadores conseguiu qualquer tipo de pontuação, a luta foi decidida pelo cartão amarelo que o brasileiro recebeu. O árbitro central interpretou que o paulista fez um falso ataque, puniu o lutador brasileiro e acabou com as chances de medalha brasileira na categoria.

 

Como os dois atletas são muito fortes, a luta foi muito travada durante todo o tempo. O japonês tentava pegar a manga do brasileiro e queria levar a luta para o chão. O paulista fazia a pegada de manga de Haga e sacudia o adversário na tentativa de desestabilizar sua base. Os dois tentavem entradas nos oponentes e ambos bloqueavam muito bem as investidas. Buzacarini fazia uma luta tática perfeita, anulando completamente o campeão do mundo. O nipônico por duas vezes quase conseguiu a projeção do brasileiro que escapou por pouco. Faltando 50 segundos, o árbitro puniu Rafael que tentou correr atrás do prejuízo e conseguir a pontuação para vencer o combate. Porém, o tempo foi curto e o brasileiro acabou eliminado do torneio masculino de judô das Olímpiadas Rio 2016, categoria até 100 kg.

Copyright© 2007/2016 - COMENTANDO.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.