Brasileiro vence primeira na repescagem e disputa o bronze na Rio 2016

Rafael “Baby” Silva administra bem a luta que praticamente não teve ação e mantém vivo o sonho da medalha olímpica em casa

Em um combate duro e travado, o Rafael “Baby” Silva venceu a primeira luta da repescagem contra o holandês Roy Meyer e vai disputar a medalha de bronze do torneio olímpico de judô, categoria acima de 100 kg. Após a derrota nas quartas de final, o brasileiro se recompôs e não deu chances para seu adversário. Apesar de não ter conseguido aplicar muitas técnicas, “Baby” se defendeu com bastante competência, dominou o combate com forçou duas punições a seu oponente, o que acabou desempatando o confronto que terminou com o placar em zero a zero.

 

A luta não foi das melhores. Pesados, os dois lutadores pouco conseguiram fazer e ambos se defenderam com bastante competência. Com quase cinquenta quilos a mais que o francês, o brasileiro afastou o adversário de seu corpo e manteve longe durante quase todo o combate. Faltando um minuto para o final, o árbitro aplicou uma punição para cada lutador. Mas o europeu, apesar de menor, mostrou que tinha uma boa base de pernas e nos segundos finais tentou executar entradas no brasileiro que, apesar de cair em um dos golpes, se defendeu e não sofreu a pontuação.

 

Agora, Rafael Silva precisará vencer a próxima luta para repetir a conquista da medalha de bronze, como aconteceu quatro anos atrás, em Londres 2012.

Copyright© 2007/2018 - COMENTANDO.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.