Haja, wazari! Rafaela Silva derrota algoz de Londres e segue firme na busca pela medalha

Após o trauma da eliminação em Londres, brasileira conquista o terceiro wazari do dia, espanta fantasma húngara e está na semifinal

Incrível. Quatro anos depois da desclassificação nas Olimpíadas de Londres por aplicar um golpe que havia sido excluído das regras do judô, quis o destino que Rafaela Silva, mais uma vez, tivesse pela frente hungura Hedvig Karakas, a mesma oponente da polêmica luta de quatro anos atrás. Focada, sem perder a concentração, a atleta brasileira, mais uma vez aliou com perfeição a técnica e a tática, conseguiu outro wazari, o terceiro do dia, venceu aquela que foi seu algoz na capital inglesa e carimbou a classificação para a semifinal da categoria até 57 kg, quando enfrentará Corina Caprioriu, da Romênia.

 

A luta começo quente com a húngara tentando surpreender a brasileira. Em uma das investidas, a europeia acabu pendurada no pescoço da oponente dona da casa. As atletas se estudavam bastante até que Rafaela aproveitou a tentativa de ataque da atleta húngara, passou a perna na base de pé da adversária, projetou a húngara para a frente e conquistou mais um wazari, o terceiro do dia, na Arena Carioca 2.

 

Caso Rafaela Silva passe pela semifinal, a medalha de prata estará garantida, quebrando o jejum de medalhas do judô brasileiro na Rio-2016.

Copyright© 2007/2016 - COMENTANDO.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.