No caminho do ouro. Determinada, Rafaela Silva vence a segunda luta do dia

Brasileira luta com inteligência, encaixa belo golpe, administra a vantagem e está nas quartas de final do torneio de judô até 57 kg da Rio 2016

Imbatível. Rafaela Silva segue impossível na busca da primeira medalha do judô brasileiro no torneio olímpico da Rio 2016. Com um lindo wazari, segunda maior pontuação da competição, a carioca conquistou com sobras a vaga nas quartas de final da competição. Diferentemente do primeiro combate, desta vez, a brasileira lutou taticamente e administrou o combate sem estar ameaçada em qualquer momento. Com calma, paciência e uma aplicação tática perfeita, despachou Jandi Kim de volta para a Coreia do Sul e mantém vivo o sonho do ouro olímpico.

 

A luta começou tensa, com as lutadoras se respeitando e se estudando muito durante todo o primeiro minuto. Foram quase sessenta segundos de pegada dupla de manga, que por um detalhe, acabou resultando em uma punição para a lutadora sul coreana, que logo empataria com a primeira punição contra a brasileira. Faltando pouco mais de um minuto, a carioca projetou seu corpo sobre a oponente, conquistou um wazari e abriu larga vantagem no placar. Daí em diante, em clara tática de defesa, a JUDOCA DO Rio de Janeiro administrou o ultimo minuto de luta com maestria. Mesmo tomando duas punições, garantiu a vaga nas quartas de final e segue viva na luta por uma medalha, que pode ser a primeira do judô nas Olimpíadas do Rio. Na próxima fase o desafio é com a húngara Hedvig Karakas, algoz de Rafaela na polêmica luta de Londres e que vale na semifinal olímpica.

Copyright© 2007/2018 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.