2 a 1! Shaqiri brilha e comanda virada dos suíços no segundo tempo

Sob o comando de Xhakar e Shaqiri, Suíça sai atrás do placar, vira, iguala o Brasil e deixa Sérvia com a obrigação de vencer a Seleção Brasileira

 

 

Teve gol antes dos cinco minutos, teve golaço de contra-ataque, teve virada no placar e até homenagem ao território de Kosovo. Esses foram alguns dos ingredientes que temperaram a vitória da Suíça sobre a Sérvia, por dois a um, na tarde desta sexta, em Kaliningrado. O gol de Mitrovic aos quatro minutos de jogo e a pressão imposta por seu meio campo dava a impressão que os sérvios não teriam problemas para vencer a partida. Porém, os suíços dominaram as ações e, sob a batuta do volante Xhaka e do meio campo Shaqiri, impuseram o bom futebol mostrado na primeira rodada, quando empataram com o Brasil, virando a partida em dando um passo gigantesco na corrida pela vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Depois de um primeiro tempo com domínio dos sérvios, a Suiça tomou o controle da partida na segunda etapa, impôs sua maneira de jogar e virou o placar com direito a gol nos últimos minutos.

 

 

SÉRVIA NA FRENTE, REAÇÃO SUÍÇA E JOGO MORNO NO PRIMEIRO TEMPO

 

A primeira etapa começou com os dois times buscando o ataque. Porém, logo na primeira grande oportunidade, o time sérvio saiu na frente. Tadic recebeu pelo lado direito e cruzou para Mitrovic subir mais alto que os zagueiros suíços para abrir o placar, em Kaliningrado. Os suíços tentaram não se abater com o gol. Rodríguez saiu pelo lado esquerdo e cruzou para Dzemaili que pegou mal e mandou para fora. Mais tarde, Zuber encontrou Dzemaili na grande área, o meia chegou batendo para uma linda defesa de Stojkovic que colocou a bola para escanteio. Na sequência o mesmo Dzemaili recebeu de Shaqiri e cruzou para a zaga cortar o perigo. Os sérvios reagiram. Matic bateu cruzado no lado esquerdo do ataque, para defesa de Sommer. Logo depois, Mitrovic deixou para Matic que chegou batendo por cima do travessão. O time sérvio, que começou melhor, perdeu o controle da partida e no fim da primeira etapa viu a Suíça passar a dominar as ações ofensivas.

 

 

GOLAÇOS E CONTRA-ATAQUES DÃO A TÔNICA DO SEGUNDO TEMPO

 

A segunda etapa começou com a Sérvia no ataque. Mitrovic tabelou com Serguei na entrada da área e foi desarmado pela zaga que colocou para escanteio. Na cobrança, o atacante sérvio cabeceou sem perigo por cima do gol. Porém, foi a Suíça que chegou com mais objetividade. Zuber passou pelo marcador e fez uma linda inversão de bola para Shaqiri na ponta direta. O meia chegou batendo de perna esquerda, a bola explodiu em cima do defensor e sobrou, na meia esquerda, para Xhakar que, de muito longe, soltou a bomba e fez um golaço, empatando a partida. Os suíços melhoraram no jogo. Mais uma vez, Shaqiri escapou pela ponta direita, ciscou para cima de Tosic, trombou com o adversário, ficou com a bola e emendou uma pancada no ângulo. Caprichosamente, a bola explodiu na trave direita de Stojkovic. A Sérvia tentava reagir, Kolarov escapou pela ponta esquerda, se livrou da marcação e cruzou rasteiro. A bola passou por toda a área e saiu em tiro de meta.

 

O time da Suíça trabalhava bem os contra-ataques imprimindo velocidade pelos lados do campo. Shaqiri fez um lindo lançamento para Gavranovic que entrou na área e bateu na rede pelo lado de fora. Porém, o bandeira havia assinalado o impedimento do camisa dezoito suíço. O goleiro Stojkovic parecia não inspirar muito a confiança dos jogadores suíços que chutavam de qualquer distância. Primeiro, Embolo bateu de fora da área. Depois, Shaqiri emendou uma bomba por cima do travessão. Para finalizar, Gavranovic recebeu e chutou com força para defesa do goleiro sérvio. Esperando o posicionamento do time adversário em campo, parecia questão de tempo para a Suíça encaixar um contra-ataque e definir a partida. Foi o que aconteceu aos quarenta e quatro minutos do segundo tempo. Xhaka lançou do campo de defesa na direção de Shaqiri que ganhou na velocidade, invadiu a área, esperou o goleiro cair e bateu sem chances de defesa para virar o jogo e deixar os suíços na boa para

 

 

PRÓXIMA PARTIDA

 

Na próxima quarta, dia 27, os Suíços encaram a Costa Rica, às 15h00, em Ninji Novgorov, para confirmar a classificação. Depois de começar bem na competição, resta aos sérvios a dura missão de vencer o Brasil para se classificar até as oitavas de final. A partida acontece em Moscou, também no dia 27, às 15h00.

 

FICHA TÉCNICA
SÉRVIA 1 X 2 SUIÇA

 

Local: Kaliningrado
Data: 22 de junho de 2018 (Sexta)
Horário: 15h (de Brasília)

 

Árbitro: Felix Brych (ALE)

 

Gols: Aleksandar Mitrovic 05’/1ºT (Sérvia); Granit Xhaka 07’/2ºT e Xherdan Shaqiri 45’/2ºT (Suíça)

 

Cartões amarelos: Sergej Milinkovic-Savic, Luka Milivojevic, Nemanja Matic, Aleksandar Mitrovic (Sérvia) e Xherdan Shaqiri (Suíça)

 

SÉRVIA: Vladimir Stojkovic; Branislav Ivanovic, Nikola Milenkovic, Dusko Tosic e Aleksandar Kolarov; Nemanja Matic e Luka Milivojevic (Nemanja Radonjic); Filip Kostic (Adem Ljajic), Sergej Milinkovic-Savic, Dusan Tadic;
Aleksandar Mitrovic
Técnico: Mladen Krstajic

 

SUIÇA: Yann Sommer; Stephan Lichtsteiner, Fabian Schär, Manuel Akanji e Ricardo Rodríguez; Valon Behrami e Granit Xhaka; Xherdan Shaqiri, Blerim Džemaili (Breel Embolo) e Steven Zuber (Josip Drmić); Haris Seferović (Mario Gavranović)
Técnico: Vladimir Petkovic

Copyright© 2007/2018 - COMENTANDO.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.