Sem sustos! Croácia domina a partida, faz 2 a 0 na Nigéria e lidera o Grupo D

Comandados por Modric, time dos Balcãs conta com a sorte no primeiro gol e, sem dificuldades, fecha a primeira rodada na frente de Argentina e Islândia

 

 

Aquele que olhava a tabela da Copa do Mundo Rússia 2018 antes dos jogos deste sábado tinha certeza que a Argentina terminaria a primeira rodada na liderança do Grupo D. Porém, com o empate dos ‘hermanos’ mais cedo, quem fecha o dia na ponta da tabela é a Croácia que fez sua parte e venceu a Nigéria, por dois a zero, em Kaliningrado. Apesar da boa presença da torcida africana, o time dos “Águias” não ofereceu muita resistência às investidas croatas. Justamente, nos momentos que esboçava algum tipo de reação, os africanos se enrolaram, primeiro com o gol contra marcado pelo meia Etebo, no primeiro tempo. Depois, quando Ekong cometeu um pênalti infantil em cima de Mandzukic, que Modric cobrou sem dar chances para o goleiro oponente.

 

 

INÍCIO DE JOGO FRACO E GOL CONTRA DE ETEBO

 

O primeiro terço da partida foi tão fraco que dava para fazer uma pausa para o café ou para o almoço, especialmente no único dia que teremos quatro partidas na agenda da Copa do Mundo. As melhores oportunidades aconteceram quando Rebic saiu da esquerda para o meio, tocou para Mandzukic, que encontrou Perisic livre, mesmo assim, o meia chutou por cima da meta de Uzoho. Dois minutos depois foi a vez de Kramaric tentar de fora da área, mas a bola também saiu pela linha de fundo. Aos 31 minutos, Kramaric cruzou para Mandzukic que deixou Rebic bater, a bola desviou na zaga e foi para escanteio. Na cobrança ensaiada, Rebic, na primeira trave, cabeceou para trás, Mandzukic mergulhou e raspou de cabeça, a bola sobrava para Kramaric, quando bateu no nigeriano Etebo e acabou no fundo do gol de Uzoho, jogando contra a própria meta e colocando os croatas na frente do placar. A Nigéria deu a saída novamente, Iwobi limpou parte da marcação e bateu, mas foi bloqueado pela defesa da Croácia que com a vantagem no placar, obrigou a Nigéria a sair mais para a partida e deixar um pouco o intenso jogo fechado que vinha praticando. Com isso, os europeus começaram a penetrar na defesa africana através de lançamentos e jogadas aéreas.

 

 

DOMÍNIO CROATA NA SEGUNDA ETAPA E PÊNALTI BIZARRO COMETIDO PELA NIGÉRIA

 

A Nigéria iniciou o segundo tempo tentando empatar a partida e pressionou nos primeiros minutos e, logo nos primeiros movimentos, conseguiu uma sequência de escanteios que assustou os europeus. O técnico croata mexeu e colocou Brozovic no lugar de Kramaric. O treinador nigeriano também mexeu e colocou o atacante Musa no lugar do meia Iwobi, autor do gol contra, único da partida até aquele momento. Apesar de ser um pouco cedo, os atletas croatas mantinham o controle da partida e administravam o resultado. Perisic avançou e tentou cruzar, mas a zaga cortou para escanteio. Na cobrança, Ekong puxou Mandzukic dentro da área, o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, não titubeou e marcou o pênalti. O camisa 10 Modric correu pra bola e bateu no cantinho direito, deslocando o goleiro Francis Uzoho que caiu para o outro lado. O segundo gol croata praticamente decretou a vitória do time dos Balcãs, para tristeza da torcida africana que fazia uma bonita festa no estádio. Nos últimos minutos ainda deu tempo para a Croácia tentar o terceiro gol, primeiro com Perisic que recebeu de Modric e bateu cruzado para defesa do goleiro.

 

 

PRÓXIMA PARTIDA

 

A Croácia volta a campo na quinta, dia 21, quando encara a Argentina de Lionel Messi, às 15h00, em Nijni Novgorod. Os “Águias Africanos”, pegam a Islândia, que deixou boa impressão na primeira rodada, na sexta, dia 22, ao meio dia, em Volgogrado.

 

FICHA TÉCNICA
CROÁCIA 2 X 0 NIGÉRIA

 

Local: Kaliningrado
Data: 16 de junho de 2018 (Sábado)
Horário: 16h (de Brasília)

 

Árbitro: Sandro Meira Ricci (BRA)

 

Gols: Oghenekaro Etebo 32’/1ºT (contra) e Luka Modric 25’/2ºT (Croácia)

 

Cartões amarelos: Ivan Rakitic, Marcelo Brozovic (Croácia) e William Troost-Ekong (Nigéria)

 

CROÁCIA: Danijel Subasic; Sime Vrsaljko, Dejan Lovren. Domagoj Vida e Ivan Strinic; Ivan Rakitic, Luka Modric, Ante Rebic (Mateo Kovacic), Andrej Kramaric (Marcelo Brozovic) e Ivan Perisic; Mario Mandzukic (Marko Pjaca)
Técnico: Zlatko Dalic

 

NIGÉRIA: Francis Uzoho; Abdullahi Shehu, William Troost-Ekong, Leon Balogun e Bryan Idowu; Wilfred Ndidi, Oghenekaro Etebo, Victor Moses, John Obi Mikel (Simeon Nwankwo) e Alex Iwobi (Ahmed Musa); Odion Ighalo (Kelechi Iheanacho)
Técnico: Gernot Roh

Copyright© 2007/2018 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.